Como evitar problemas gastrointestinais com a chegada do calor

Está cada vez mais próxima a temporada de praia e muito calor. Com isso é fundamental ter uma atenção especial com os alimentos e a higiene.

Nesta época, o índice de distúrbios gastrointestinais como intoxicações alimentares, infecções, viroses e outros é elevado. Na praia, costumam surgir muitas tentações vendidas por ambulantes, como petiscos, bebidas, churros, milho verde… e além de acabarmos nos alimentando de forma um tanto exagerada durante as férias, outro grande problema é o manuseio e armazenamento desses alimentos, que podem acabar não correspondendo às medidas necessárias para garantir sua qualidade para um consumo mais seguro.

 

Outro fator que contribui negativamente para a saúde digestiva neste período é o calor, que estimula a proliferação de bactérias, faz com que os alimentos perecíveis estraguem mais rapidamente e também coopera para a desidratação em caso de reposição inadequada de líquidos, o que agrava ainda mais o bom funcionamento do corpo.

 

Falando em hidratação, é importante ficar atento a água. Em algumas cidades, a origem da água nem sempre é adequada, o que traz maior possibilidade dos casos de virose, portanto prefira água só filtrada ou mineral.

 

Assim, para aproveitar o calor sem grandes riscos, evite alimentos que pereçam com maior facilidade, principalmente os que apresentam ovo em sua composição, tenha cuidado com os exageros e redobre a higiene. Com as temperaturas mais elevadas, é natural que além de manter a hidratação, o corpo apresente a necessidade de alimentos mais leves, então é uma boa ideia optar pelas saladas, frutas, alimentos integrais, sucos e água de coco.


Fontes: G1 e Ana Carolina Bendlin. (Acesso em 14/11)

(47) 3222-3344 Seg. à Sex. das 07hs às 18:30hs
Sábado somente com horário marcado
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 18hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa