Esôfago de Barret - Conheça e proteja sua saúde digestiva

por Chirley Santana

Manter a alimentação e a prática regular de atividades físicas pode ficar em segundo plano para quem tem a rotina mais agitada. No entanto, é imprescindível que se tome alguma atitude em relação a isso e se ache espaço para cuidar da saúde interna e externa. Pois é justamente nesse momento que podem aparecer várias patologias relacionadas ao aparelho digestivo, principalmente nas pessoas que já apresentam Doença do Refluxo Gastroesofágico, a DRGE.

Porque a DRGE, ao não ser tratada, pode resultar no aparecimento do Esôfago de Barret. "Os constantes episódios de refluxo gastroesofágico fazem com que o ácido produzido pelo estômago agrida as paredes do esôfago.

No entanto, ao tentar se proteger, o esôfago substitui o seu revestimento por outro mais resistente, o que dá origem ao Esôfago de Barret", relata o gastroenterologista da Digest, Dr. Hans Roman Wulf Vieira.

Como os sintomas são os mesmos da DRGE - azia, regurgitação, dor ou dificuldade de engolir - o diagnóstico preciso ocorre com a realização de endoscopia digestiva alta.

O exame é de extrema importância também para monitorar a doença, já que em 10% dos casos o Esôfago de Barret pode evoluir para câncer.

Por isso, ao perceber os sinais de um possível refluxo, com a periodicidade de duas ou mais vezes por semana, consulte um médico gastroenterologista.

 

Para mais informações sobre Esôfago de Barret, acesse o site abcdasaude.com.br.

(47) 3222-3344 Seg. à Sex. das 07hs às 18:30hs
Sábado somente com horário marcado
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 18hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa