Importância da Cápsula Endoscópica em casos de Hemorragia Gastrointestinal

A Cápsula Endoscópica é um procedimento moderno e utilizado, principalmente, para detectar problemas relacionados ao intestino delgado através do diagnóstico por imagem. Em determinadas situações é uma alternativa à endoscopia digestiva alta e colonoscopia, preenchendo a lacuna deixada por estas opções e, sendo inclusive, um processo mais confortável para o paciente por ser pequena e indolor. Com apenas 11 x 26 mm de tamanho e peso de somente 4g, o aparelho tem a aparência de um comprimido e carrega em seu interior um sistema de câmera com transmissão de imagem sem fio.

Como funciona?

Sob supervisão médica, o paciente faz a ingestão da cápsula que percorre seu organismo durante cerca de 8 horas, fazendo o registro de duas imagens por segundo, podendo passar de 50 mil capturas. Estas imagens são transmitidas por radiofrequência a um recorder e, posteriormente, transformadas em vídeo para a análise. Depois, a cápsula é expelida naturalmente com as fezes.

Indicações

Além de ser um procedimento que assegura um maior bem estar do paciente, conforme a Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva o uso da cápsula traz a possibilidade de uma exibição minuciosa e detalhada do interior do corpo humano, mais precisamente, do intestino delgado, que com a localização distante da cavidade oral e do orifício anal, tem acesso mais difícil através dos exames endoscópicos. Alguns exemplos de seu uso estão na investigação na suspeita de tumores do intestino delgado, avaliação de anemia ferropriva sem causa definida, poliposes intestinais, suspeita e diagnóstico da Doença de Crohn (DC), diarreias crônicas, doença celíaca e dores abdominais sem causas definidas.

Hemorragia Gastrointestinal

Com a cápsula é possível perceber uma alta sensibilidade e especificidade da detecção, principalmente da fonte de sangramento em pacientes com sangramento gastrointestinal obscuro, tornando possível a sua recomendação como parte da rotina de trabalho em pacientes com esse tipo de sangramento.

A HIM - Hemorragia Obscura do Intestino Médio é um sangramento persistente, responsável por cerca de 5% dos casos de hemorragia digestiva. Este sangramento não é devidamente esclarecido com uma avaliação endoscópica convencional. Diagnosticar sua origem não é um trabalho fácil e antes da avaliação dos sintomas é preciso definir o tipo de sangramento apresentado. Quando não se consegue fazer esta identificação, a Cápsula Endoscópica pode ser utilizada como complemento, podendo apresentar rendimento superior em relação a estudos radiológicos ou a enteroscopia. A tendência é que o uso da cápsula seja cada vez mais aperfeiçoado e útil.

 

Fontes: Revista Interdisciplinar Ciências Médicas, Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva e Pharmacia Brasileira

(47) 3222-3344 Seg. à Sex. das 07hs às 18:30hs
Sábado somente com horário marcado
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 18hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa