Lista: Mantenha seu bem-estar com o ar-condicionado de forma saudável

O ar-condicionado é uma das maravilhas da modernidade. Com sua tecnologia, temos a possibilidade de criarmos momentos e ambientes com um clima mais agradável, contribuindo para nossa qualidade de vida. Porém, é importante salientar que este aparelho deve ser utilizado com alguns cuidados, para que não passe a ter impactos negativos em nossa saúde.

 

Confira os efeitos do uso de ar-condicionado e algumas resoluções:

 

 1 - Ar seco

Ao deixar aquele ar geladinho, tão almejado no calor, o aparelho acaba ressecando o ar do local, o que pode prejudicar um pouco as vias aéreas, por isso, a primeira dica é manter as narinas umedecidas com soro fisiológico, ou deixar um copo de água sempre por perto para tomar sempre que possível.  

 

 2 - Dica de mãe: leve um casaquinho.

Também é importante ficar atento às fortes mudanças de temperaturas ao transitar por ambiente com ou sem alterações na temperatura. Estas mudanças bruscas podem ser nocivas ao corpo, que ao lidar com o frio, ativa um tipo de defesa, sendo responsável pela causa de espirros congestão nasal e tosse. Portanto, se você estiver em um local onde não puder manter uma temperatura saudável ao ambiente (entre 22 e 25 graus), a dica é ouvir a mãe e manter um agasalho sempre por perto.

 

 3 - Poeira

Não deixe que o filtro do seu ar-condicionado se torne um depósito de poeira. É importante manter uma boa higiene, pois além da poeira, ocorre um acúmulo de fungos e bactérias, trazendo o risco de que o ar fique até mesmo pior do que no ambiente externo e contribuindo para males como a rinite alérgica ou asma. A limpeza completa do ar-condicionado deve ser feita, em média, de 30 em 30 dias. O período para os carros, pode ser maior. Outra questão relacionada a limpeza do filtro é o gasto de energia, que com o eletrodoméstico sujo, pode consumir cerca de 20% a mais do que o normal, pois a sujeira força o aparelho a precisar de temperaturas ainda mais baixas para cumprir sua função de refrigeração.

 

4 - Renovação do ar

Mesmo que o filtro esteja limpo, procure sempre manter a janela aberta por um tempo, para uma melhor renovação do ar, e/ou acionar a função que troca o ar da sala pelo ar de fora, presente na maioria dos aparelhos. Renovar o ar ajuda a amenizar os sintomas listados e diluir a poluição. A qualidade do ar circulante é mais importante do que o tempo de exposição ao ar-condicionado que pode prejudicar sua saúde, mas, quando está funcionando corretamente, é muito melhor do que ficar poucas horas em um ambiente com uma qualidade inadequada do ar.

Os casos principais que merecem atenção quanto a renovação do ar, são ambientes onde circulam muitas pessoas, pois em geral podem apresentar mais poluição e mais contágio por doenças. E em salas com carpete, devido a acumulação de uma grande quantidade de sujeira, ácaros e fungos. Com ele, o ambiente já está contaminado.

 

5 - A posição do aparelho pode ajudar contra o choque térmico

Para evitar a possibilidade de choque térmico, a posição do aparelho é uma questão relevante. Sua instalação deve ser feita de forma que o ar não atinja diretamente as pessoas e se espalhe pelo ambiente, não causando muito frio ao ligar e nem tanto calor ao ser desligado. E ao chegar da rua, com calor, é importante evitar cometer o erro de deixar a temperatura muito baixa, o que além de gastar muito mais energia, pode prejudicar a saúde, causando choque térmico. Quanto a adaptação a temperatura, deve-se levar em conta uma variação de acordo com as condições externas de temperatura, umidade, atividade realizada no ambiente e roupa das pessoas que o frequentam.

  

Aproveite as tecnologias de refrigeração com consciência e tenha um dia-a-dia mais agradável e saudável.

 

Fontes: Unimed  e Revista Planeta

(47) 3222-3344 Seg. à Sex. das 07hs às 18:30hs
Sábado somente com horário marcado
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 18hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa