Quanta água você bebe?

A água permite o bom funcionamento de praticamente todas as funções dos corpos dos seres vivos. Como diria o Presidente do Instituto de Proteção SocioAmbiental [IPSA] da Bacia do Rio Corumbataí, Waldemar Bóbbo: "Sem água não há vida.".

Ela é o principal componente formador das nossas células e estudos comprovam que um ser humano não consegue sobreviver mais de 7 dias sem ingerí-la, pois morreria de desidratação.

Esse líquido subestimado protege nosso sistema nervoso através da sua presença nas meninges - membranas que envolvem o sistema nervoso. Também auxilia na redução de complicações que poderiam ser geradas por impactos em nossos ossos, além de proteger o feto durante uma gestação já que o líquido amniótico é quase que completamente composto por água.

Mas, para se hidratar, você não precisa se limitar a apenas tomar água: você também pode adicionar algumas comidas ao seu dia a dia para ficar hidratado.

 

Confira alguns alimentos ricos em água:

Além da água de ser absorvida por alimentos como estes, ela também é importantíssima para que a digestão destas e outras comidas aconteça da melhor forma possível, permitindo a dissolução dos nutrientes, vitaminas e sais minerais.

 

Por fazer parte do plasma sanguíneo, a água também é responsável pelo transporte do oxigênio e promove a eliminação de excessos do nosso organismo. Por exemplo, a urina é composta por água e substâncias que o corpo não quis ou não conseguiu absorver (como toxinas), e é uma das melhores formas que o nosso corpo encontra para retirar o que já não é necessário. Outra forma de expelir a água é pelo suor. Quando transpiramos, fazendo atividades físicas ou vivenciando um dia de muito calor, por exemplo, suamos para equilibrar nossa temperatura corporal.

O suor  é sintetizado pela glândula sudorípara e começa a ser produzido quando o corpo tem a sua temperatura elevada, ficando acima dos 37°C. Nesse momento a transpiração é liberada pelo corpo para reajustar o equilíbrio da temperatura. Ao ser liberado na superfície da pele, o suor inicia o processo de evaporação, e é nesse momento que a temperatura é ajustada.

Você já deve ter ouvido falar que a quantidade ideal de água para uma pessoa beber por dia é de 2 litros, certo? Isso é muito variável: podemos sim partir do mínimo de 2 litros, mas temos que ter em mente que pessoas com corpos e rotinas diferentes precisam de uma quantidade maior ou menor de água. Se você mora em uma área de calor intenso ou se pratica exercícios regularmente, fique atento, pois você precisa repor mais água do que a maioria das pessoas. O corpo deve estar constantemente hidratado para que funcione corretamente.

 

Dica:

A água também é de extrema importância para a digestão pois é um dos elementos principais na formação do suco gástrico. Porém, evite ingerir água ou outros líquidos durante as refeições. O ideal é beber somente até 20 minutos antes ou 60 minutos depois de comer. Dessa forma, você evita a dilatação do estômago, consequentemente come menos, e ainda facilita o processo de digestão, pois os sucos digestivos quando concentrados (não diluídos em água) são mais eficientes.

 

Saiba identificar alguns dos sintomas de desidratação:

- O primeiro e principal fator é sentir sede. Se você chegar ao ponto de ter muita vontade de tomar água, isso com certeza é um alerta do seu corpo, avisando que você precisa se hidratar.

- O segundo fator e mais facilmente percebido, é a urina escura ou pouco frequente.

- Apresentar boca e pele secas.

- Sonolência ou cansaço.

- Dor de cabeça.


Agora que você já sabe de tudo isso, fique atento à quantidade de água que você ingere e a possíveis sinais de desidratação. Coloque lembretes, se necessário, para te relembrar de beber água ao decorrer do dia e, assim, curta uma vida mais saudável.

(47) 3222-3344 Seg. à Sex. das 07hs às 18:30hs
Sábado somente com horário marcado
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 18hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa