Retirada de Corpo Estranho

Corpos estranhos no trato gastrointestinal são comuns. Grupos de risco incluem as crianças (cerca de 80%), os portadores de deficiência mental, doença psiquiátrica ou causada pelo álcool e aqueles que se beneficiam do incidente (geralmente prisioneiros). A maior parte dos corpos estranhos (80 a 90 %) passa pelo trato gastrointestinal sem dificuldades, mas uma pequena porcentagem (10 a 20%) pode obstruir a luz e perfurar a parede, necessitando de remoção por via endoscópica – cerca de 1% exige cirurgia. Em geral, a endoscopia digestiva alta deve ser feita dentro de 24 horas, pois o risco de complicações aumenta muito após este período. Como o esôfago é a porção mais estreita do trato gastrointestinal (com a exceção do apêndice), de 28 a 68% dos corpos estranhos são encontrados nele.

Os adultos podem geralmente referir que ingeriram um objeto, descrevê-lo e dizer o horário em que isso ocorreu. Em crianças, o acidente é observado em cerca de 75% dos casos. Dificuldade ou dor à deglutição e hipersalivação sugerem corpo estranho esofágico. Também pode se apresentar com dor torácica, tosse, falta de ar, chiado ou estridor. Em casos mais severos, particularmente nos corpos estranhos grandes ou pontiagudos, pode haver dor intensa, vômitos, recusa à alimentação, saliva escura com sangue.

Crianças costumam ingerir objetos enquanto brincam, principalmente dos 6 meses aos 6 anos. Dentre esses, o mais comum é a moeda. Outros comumente observados são agulhas, pregos, brinquedos, parafusos, pilhas, clipes de papel, brincos, tampas de caneta e de garrafa e pedaços de vidro, entre outros. Em adultos, o uso de dentaduras é muito associado à ingestão de corpos estranhos, pois elimina a sensibilidade tátil do palato mole, necessária para identificar objetos no alimento que possam agir como corpos estranhos (ossos, espinhas de peixe, etc).

(47) 3222-3344 Seg. à Sex. das 07hs às 18:30hs
Sábado somente com horário marcado
Entrega de resultado: Seg. à Sex das 08hs às 18hs
Sobreaviso 24 horas - (47) 3036-6000
LocalizaçãoClique e veja no mapa